Se tem algo segurando alguma área da sua vida, existe uma mão mais forte para libertar.

Deus tem a mão dele sobre nós.

Pode parecer que estamos perdendo o controle, mas Ele tem o controle de tudo!

Às vezes a mão de Deus “se fecha” e precisamos entender que nesse momento devemos continuar fiéis. A mesma mão que planta é a mão que poda. A poda acontece para que haja ainda mais frutificação.

A mão de Deus é poderosa! O inimigo pensa que tem as garras sobre você, mas a mão de Deus é mais forte do que a de Faraó. Vemos isso na história de Moisés, desde o princípio, Deus guardou o cesto em que ele havia sido colocado e o fez chegar na filha de Faraó.

Pedro foi um homem orgulhoso, mas também vemos o agir de Deus em sua vida: em uma de suas cartas, Pedro enfatiza que precisamos nos humilhar debaixo da potente mão de Deus, para que no tempo oportuno Ele nos exalte.

O problema não é acreditar na mão poderosa de Deus, mas a “outra mão” nos impede. A outra mão é a nossa! A dificuldade é crer que Deus fará através das nossas mãos.

Temos a tendência de esconder a mão que há fraqueza, mas ela só será curada quando mostrarmos a Deus. E essa mesma mão será usada como um instrumento para curar e manifestar o Reino de Deus.

Deus mandou que Moisés colocasse a sua outra mão sobre o seu coração e quando tirou, ela estava coberta com lepra. E quando colocou sobre seu coração novamente, estava curada. Deus mostrou o que havia dentro de Moisés.

Deus não nos chamou apenas para pegar a vara e transformar em serpente, mas para curar nosso coração!
Se o nosso coração for curado, todo nosso ser será curado.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta