É tempo de olharmos para os nossos relacionamentos, nossa família nuclear e espiritual. Onde há relacionamentos, inevitavelmente, há crises. O importante não são os acontecimentos, mas como eu reajo a eles.

Todas as vezes que enfrentamos aflições, podemos escolher atitudes para sermos felizes ou infelizes.
Então, quais são as chaves para vivermos relacionamentos saudáveis?

1- Lembre-se que há uma promessa de Deus sobre você. Precisamos saber que a bondade e a fidelidade de Deus sempre nos acompanharão, essa é a promessa. A misericórdia sempre se renova sobre nós, ela não pode ser tocada, mas pode ser vivida. O inimigo tenta nos condenar e nesse lugar não conseguimos encontrar misericórdia. Deus é justo, mas sempre misericordioso. Mas para desfrutarmos da misericórdia, precisamos exercê-la. Quem planta misericórdia, colhe misericórdia.

2- Lembre-se do princípio do perdão. Aquele que não perdoa fica na mão dos atormentadores. O segredo de uma felicidade eterna passa pelo perdão. Se queremos ser perdoados, precisamos exercê-lo. Perdão não é esquecer, não é um sentimento, mas é um mandamento. No Reino de Deus, quando plantamos, colhemos a 30, 60 e 100 por 1. Sendo assim, quando plantamos colhemos muito além das nossas sementes. Não aja com intolerância, mas com misericórdia!

3- Lembre-se que Deus tem uma receita para a sua vida, não pule as etapas. Precisamos aprender com Jesus, que lavou os pés dos seus discípulos. Primeiro de tudo, precisamos começar a viver um cristianismo verdadeiro, aprender a servir, demonstrando paciência, generosidade e bondade. Não existe receita melhor: se você cuida do seu próximo e das coisas que são do interesse de Deus, Ele cuida de você! O mundo só nos leva a pensar em nós mesmos, mas os misericordiosos são os que pararam de pensar em si mesmos. Essa é a receita para a cura de todas as feridas, no interior e exterior.

O que você tem feito com a ferida que você carrega?
Se não tomarmos cuidado, ferimos outras pessoas, por isso precisamos ser curados. Quando ferido, Jesus perdoou e orou a Deus pedindo que Ele também os perdoassem.

Plenitude de felicidade é mesmo diante dos problemas, encontrarmos um caminho de misericórdia.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário